"Agradeço a Deus Pai, a Deus Filho e a Deus Espírito, para mim sem Eles nada é possível, nada sou e nada faço." "A Graça de Deus me basta!"

Salette Granato

A BICICLETA AZUL, O QUARTINHO E O COELHÃO AMA... R$ 25,00
A GUERRA NA SOMBRA DO POETA (EDIÇÃO ESGOTADA) R$ 25,00
O IPÊ À MINHA JANELA (EDIÇÃO ESGOTADA) R$ 25,00
Textos

BRAVA GENTE BRASILEIRA!
BRAVA GENTE BRASILEIRA!

Cidadão – “Indivíduo no gozo dos direitos civis e políticos de um Estado, ou no desempenho de seus deveres para com este”; Cidadania – “qualidade ou estado do cidadão”. Esses são conceitos do nosso dicionário Aurélio para  os vocábulos ‘cidadão’ e ‘cidadania’, já para o vocábulo ‘política’ há vários conceitos entre eles: “Arte de bem governar os povos”. Mas, qual seria hoje o conceito do povo brasileiro de cidadão, de cidadania e de política?
A resposta? Não sei, acredito que dependa dos políticos brasileiros!
Só sei que precisamos resgatar algumas coisas que ficaram perdidas ao longo do tempo e lá no fundo do baú de nossos antepassados, uma delas foi muito bem demonstrada pelos combatentes brasileiros (pracinhas) durante a II Guerra Mundial, um povo que arrancava de suas entranhas o PATRIOTISMO, hoje tão fora de moda, mas foi o diferencial para a vitória do grupo dos aliados (Inglaterra, URSS, França, Estados Unidos e Brasil) contra os países do eixo (Alemanha, Itália e Japão).
É preciso resgatar bons costumes como ensinar aos nossos filhos, até que aprendam, o Hino Nacional Brasileiro; ensinar aos nossos jovens que temos uma pátria, não precisamos invejar as outras, devemos trabalhar e lutar por ela. Preservar a nossa democracia faz parte desse amor à Pátria.
Ensinar o parágrafo único do Artigo 1º da nossa Constituição Federal: “Todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta Constituição”.
Não basta apenas saber é preciso não esquecer e nem trocar as cores da nossa bandeira: verde, amarelo, azul e branco; preservá-la, respeitá-la, honrá-la e verdadeiramente amá-la.
A culpa dos maus governantes não é só do povo, como dizem por aí, mas é deles mesmos que mentem para o povo e se corrompem, oneram os cofres públicos, quebrando a relação de confiança.  Não, a culpa não está no povo, caráter você tem ou não tem, a culpa está no mau-caráter de quem abusa do povo e principalmente de Deus, porque toda autoridade é constituída por Deus, como diz o livro de Romanos 13,1, da Bíblia: "Todos devem sujeitar-se às autoridades governamentais, pois não há autoridade que não venha de Deus; as autoridades que existem foram por Ele estabelecidas.” Também em Hebreus 13, 17: "... Eles cuidam de vocês como quem deve prestar contas”
O povo obedece e a autoridade presta contas. Cabe ao povo ir às urnas e votar, eleger o seu representante e cabe ao representante político honrar essa confiança.
Um povo de direitos é um povo de obrigações!
Ainda que exista corrupção e maus políticos por aí, não desanime leitor, porque o problema não está em você, está naquele que não honrou sua confiança, não abra mão do seu direito de eleger, cumpra sua missão, seja PATRIOTA, porque fazemos parte desta BRAVA GENTE BRASILEIRA!
SALETTE GRANATO
Enviado por SALETTE GRANATO em 08/10/2012
Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras